quarta-feira, 30 de julho de 2008

Arcangélico

...Só escrevemos aos Anjos
por Deus estar demais ocupado...


Sopro que se eleva
dependendo do páteo interior
do nosso lamento ou protesto

Confiamos-te Arcangélico

as folhas que nos vão caindo
da árvore existencial
sem texto ou endereço

Temos a alegria da borboleta
silvestre... campesina
um coração pequenino
e palpitante

Somos para o alto
sem resignar viver dias fúteis
palavras cosidas umas nas outras
lançadas sem âncora...

Mas falta-nos um Mundo de Amor...

Sem comentários:

Enviar um comentário